Normas para Submissão

Para ver em PDF Clique aqui.

 

CADERNOS DE EDUCAÇÃO, SAÚDE E FISIOTERAPIA

Diretrizes aos Autores

A revista Cadernos de Educação, Saúde e Fisioterapia aceita artigos nos idiomas português e espanhol, relativos ao seu escopo, nas seguintes categorias:

Artigos originais: Oriundos de resultado de pesquisa científica originais, sua estrutura deve conter: título em português ou espanhol e em inglês, nome (s), titulação e  instituição do (s) autor (es), resumo, palavras-chave, abstract, key-words, introdução, método, resultados, discussão, conclusão e referências. O texto deve ser elaborado com, no máximo, 15 páginas podendo conter até cinco ilustrações (gráficos, tabelas, figuras e anexos). São aceitos Estudos Observacionais, Estudos Experimentais e Estudos Qualitativos.

Ensaio Teórico: textos resultantes de reflexões inovadoras sobre temas atuais dentro do escopo da revista (textos com estrutura livre e com até 15 páginas).

Revisão de Literatura: estudos que realizam análise e/ou síntese da literatura de tema relacionado ao escopo e áreas da revista. Estudos de revisão narrativa crítica ou passiva só serão considerados quando solicitados a convite dos editores. Serão aceitas revisões integrativas e revisões sistemáticas (até 15 páginas).

Espaço aberto: textos não classificáveis nas categorias acima, que o conselho editorial julgue de especial relevância, que problematizem temas polêmicos e/ou atuais, incluindo relatos e séries de caso (texto com estrutura livre e até cinco páginas).

Relato de Experiência: são artigos que descrevem condições de experiência dos autores em determinado campo de atuação. Devem mostrar reflexão sobre a prática, podendo apontar caminhos para estudos sistemáticos de caráter exploratório ou não. Tais relatos devem ter caráter não apenas descritivo, mas também reflexivo e não necessitam ter a estrutura dos artigos originais. Sugere-se introdução ou contextualização, descrição da experiência, resultados e impactos, considerações finais (até 10 páginas).

Cartas: devem comentar, discutir ou criticar artigos publicados nessa revista. Tamanho máximo de 2 páginas incluindo no máximo 6 referências. Sempre que possível uma resposta dos autores será publicada junto com a carta.

Resumos de Tese e Dissertação: descrição sucinta de dissertações de mestrado, teses de doutorado e/ou de livre-docência, constando de resumo com até uma página, contendo: título e palavras-chave em português, inglês, autor, orientador, programa de pós-graduação, curso e instituição em que o trabalho foi desenvolvido. Informar o endereço de acesso ao texto completo, se disponível na internet. A publicação do resumo não impede a posterior publicação do trabalho completo em qualquer periódico.

Aspectos éticos e legais

O conteúdo e opiniões expressas nas publicações desta revista são de responsabilidade exclusiva dos autores.

A submissão do manuscrito aos Cadernos de Educação, Saúde e Fisioterapia implica que o trabalho não tenha sido publicado na íntegra em outro periódico ou veículo de comunicação, e que não esteja sob consideração para publicação em outra revista.

O uso de iniciais, nomes ou números de registros hospitalares do participante deve ser evitado. O participante não poderá ser identificado por fotografias, exceto com consentimento expresso, por escrito, acompanhando o trabalho original no momento da submissão.

Estudos realizados em humanos devem atender a Resolução 466/12 do Conselho Nacional de Saúde do Ministério da Saúde (Brasil). Para autores fora do Brasil, devem estar de acordo com Comittee on Publication Ethics (COPE).

Para as pesquisas em humanos e em animais, deve-se incluir, no manuscrito, o número do parecer de aprovação pela Comitê de Ética em Pesquisa. O parecer deve ser encaminhado junto ao manuscrito em versão PDF.

A menção de instrumentos, materiais ou substâncias de propriedade privada deve ser acompanhada da indicação de seus fabricantes. Caso haja reprodução de imagens ou outros elementos de autoria de terceiros deve ser apresentada a autorização de reprodução pelos detentores dos direitos autorais.

Forma e apresentação do manuscrito

Apresentação

O texto deve ser digitado em processador de texto Word ou compatível, em tamanho A4, com espaçamento de linhas 1,5, fonte Arial e tamanho 12.

Em todos os itens, o texto deve ser estruturado a partir de títulos e subtítulos das partes, à esquerda, sem numeração. Os títulos deverão ser digitados em negrito e os subtítulos em itálico.

A página de rosto deve conter:

a)    título do trabalho e versão em inglês;

b)    título abreviado com até 40 caracteres;

c)     nome completo dos autores, titulação e vínculo institucional;

d)    Local em que foi desenvolvido o estudo;

e)    endereços postal e eletrônico do autor principal;

f)     indicação de órgão financiador do estudo, se for o caso, e de bolsas concedidas;

g)    indicação de eventual apresentação em evento científico;

 

Título e identificação

O título deve ser preciso e conciso, em negrito e centralizado, fonte Arial, tamanho 12, maiúscula, logo abaixo deve constar a versão em inglês, não devendo ultrapassar o número máximo de 18 palavras.

Resumo

O resumo deverá conter no máximo 250 palavras, não devendo conter parágrafos e citações de autores e datas. Os resumos deverão ser estruturados, os resumos de artigos originais deverão mencionar o objetivo, método, resultados e conclusões. No relato de experiência deverá conter contextualização, descrição da experiência e considerações finais. Nas demais modalidades deverá conter introdução, desenvolvimento e considerações finais.

Palavras-chave

As palavras-chave devem ser de três a cinco para fins de indexação do trabalho, separadas por um ponto entre elas, pesquisadas nos DeCS – Descritores em Ciências da Saúde.

Abstract e key-words

O resumo em inglês deverá ser apresentado logo após o resumo em português, seguindo as mesmas normas apontadas anteriormente. A versão em inglês do resumo deve ser fiel a versão em português. As key-words devem ser de três a cinco para fins de indexação do trabalho, separadas por um ponto entre elas, pesquisadas nos DeCS – Descritores em Ciências da Saúde.

Introdução (Artigos Originais) ou Contextualização (Relatos de Experiência)

Deve ser objetiva e conter breve revisão da literatura relatando o contexto e a situação atual dos conhecimentos sobre o tema e apresentação do problema, a lacuna do conhecimento, destacando sua relevância. Devem ser pertinentes e alinhadas ao(s) objetivo(s) do manuscrito, os quais devem estar explicitado(s) ao final desta seção.

Método (Artigos Originais)

O método deve ser descrito de forma clara devendo conter: delineamento do estudo, processo de seleção e alocação dos participantes, procedimentos e instrumentos de coleta, análise dos dados e os critérios de mensuração do desfecho de forma a possibilitar reprodutibilidade do estudo.

Nos estudos envolvendo seres humanos deve haver referência a existência de um termo de consentimento livre e esclarecido apresentado aos participantes, após a aprovação por Comitê de Ética em Pesquisa.

Descrição da Experiência (Relatos de experiência)

Nos casos de relatos de experiência deve-se descrever detalhadamente a população envolvida, o local, as ações realizadas, as dificuldades e potencialidades.

Resultados (Artigos originais)

Apresentar os resultados em sequencia lógica, de forma sintética e concisa. Expor os resultados relevantes para o objetivo do trabalho e que são discutidos. Apresentar tabelas ou figuras de forma a serem autoexplicativas e com análise estatística, se houver,  evitando repetir no texto os dados ilustrados.

Resultados e Impactos (Relatos de Experiência)

Nos casos de relato de experiência deverão ser apresentados os principais resultados, os impactos da experiência sobre o problema elencado, e uma análise crítica e reflexiva sobre a experiência, as dificuldades encontradas e as estratégias empregadas para superá-las.

Discussão (Artigos Originais)

A discussão deve conter a interpretação dos autores sobre os resultados obtidos e a comparação dos achados com a literatura, comentando e explicando as diferenças encontradas. Deve incluir a avaliação dos autores sobre as limitações do estudo e sobre os seus principais desdobramentos com indicação para novas pesquisas na área da fisioterapia. Deve explicitar a contribuição do estudo para a área de conhecimento abordada.

Os trabalhos de natureza qualitativa podem juntar as partes resultados e discussão ou mesmo ter nomeações diferentes das partes, sem fugir da estrutura lógica de artigos científicos.

Conclusões (Artigos Originais)

Apresentar as conclusões relevantes, considerando os objetivos da pesquisa, bem como, indicar caminhos para continuidade do estudo.

Considerações Finais (Relatos de Experiência)

Indicar como a experiência contribuiu para avanços sobre o problema apresentado, como pode ser empregada em outras realidades, bem como as principais potencialidades da experiência e os desafios a serem transpostos.

Referências

Todos os autores e trabalhos citados no texto devem constar dessa seção e vice-versa, seguindo os Requisitos Uniformizados para Manuscritos Submetidos a Jornais Biomédicos, elaborados pelo Comitê Internacional de Editores de Revistas Médicas – ICMJE. Os títulos de periódicos devem ser escritos de forma abreviada, de acordo com a List of Journals do Index Medicus.

Exemplos: http://www.nlm.nih.gov/bsd/uniform_requirements.html

Numerar as referências por ordem de entrada no trabalho e usar esses números para as citações no texto. As citações das referências devem ser mencionadas no texto em números sobrescritos (expoente), sem datas.

Evitar número excessivo de referências e as de difícil acesso, selecionando as mais relevantes para cada afirmação e dando preferência para os trabalhos mais recentes.

O número máximo de referências deve ser 30, sendo os autores responsáveis pela exatidão dos dados constantes das mesmas.

Tabelas, figuras, gráficos e anexos

As tabelas, figuras, gráficos e anexos são limitadas a cinco (5) no total, que não serão computados no número de páginas permitidas no manuscrito, que deverão ser inseridas no final do manuscrito, e no texto deve estar demarcada a localização das tabelas, figuras, gráficos e anexos para a sua inserção na versão final. Em caso de tabelas, figuras, gráficos e anexos já publicados, os autores deverão apresentar documento de permissão assinado pelo autor.

Tabelas: devem incluir apenas os dados imprescindíveis, evitando-se tabelas muito longas (máximo permitido de uma página) ou pequenas, com dados que possam ser descritos no texto. As tabelas devem ser numeradas, consecutivamente, com algarismos arábicos.

Figuras e gráficos: devem ser citadas e numeradas, consecutivamente, em arábico, na ordem em que aparecem no texto. Deve ser evitado a inserção de figuras e gráficos grandes (máximo permitido de uma página).

Em relação à arte final, todas as figuras devem estar em alta resolução ou em sua versão original. Figuras de baixa qualidade não serão aceitas e podem resultar em atrasos no processo de revisão e publicação (imagens, figuras ou desenhos devem estar em formato tiff ou jpeg, com resolução mínima de 300 dpi, outros tipos de gráficos devem ser produzidos em programa de imagem – photoshop ou corel draw).

Serão aceitos anexos aos trabalhos quando contiverem informação original importante ou algum destacamento que complemente, ilustre e auxilie a compreensão do trabalho.

 

Envio de manuscrito

A partir do dia 20/10/2014 a submissão de manuscritos será exclusivamente online, através do OPEN JOURNAL SYSTEMS. Os manuscritos submetidos antes desta data serão apreciados conforme normas vigentes para submissão na data do envio.

O sistema eletrônico de submissão e avaliação dos manuscritos está disponível na página da Editora Rede Unida (http://revista.redeunida.org.br/ojs/index.php/cadernos-educacao-saude-fisioterapia/about/submissions#onlineSubmissions)

Itens exigidos para envio dos manuscritos

Manuscrito completo atendendo as normas da revista para cada de categoria: artigo original, relato de experiência, revisão de literatura, espaço aberto, ensaio teórico, cartas, resumos de dissertações e teses.
Arquivo com imagens, tabelas e figuras, conforme as normas da revista, deverão ser inseridas no final do manuscritos, com sua devida localização marcada no corpo do texto.
Página de rosto, conforme as normas da revista, deverá ser inserida no sistema no local destinado ao “envio de documentos suplementares”;
Aprovação do Comitê de Ética em Pesquisa, quando indicado, deverá ser inserida no sistema no local destinado ao “envio de documentos suplementares”;
Revisão e submissão: verifique atentamente se todas as etapas foram cumpridas e clique em enviar para completar a submissão.
A autoria deve ser baseada na participação: da concepção e do desenho, da interpretação dos dados, da redação do artigo ou da revisão crítica do conteúdo e da aprovação final da versão a ser publicada. A participação apenas na obtenção de fundos e coleta de dados e análise estatística não caracterizam a autoria.

Processo de julgamento

O conteúdo e opiniões expressas são de responsabilidade exclusiva dos autores.

Os manuscritos submetidos serão examinados pelo Conselho Editorial para verificação de sua adequação às normas e à política editorial da revista. Os manuscritos que estiverem de acordo serão enviados para apreciação por dois pareceristas com reconhecida expertise área do manuscrito, garantindo-se o anonimato de ambas as partes. Caso os pareceristas solicitem ajustes, os autores devem cumprir os mesmos no prazo estipulado para que o manuscrito não seja considerado como nova submissão. Os manuscritos aprovados serão submetidos a edições de texto, podendo ser solicitados novos ajustes, e os manuscritos aprovados serão publicados em ordem cronológica.

  • Fórum Nacional 2017

  • Fóruns Estaduais

  • Consulta Pública DCN

  • Materiais de Apoio